Quinta-feira, 3 de Outubro de 2013

em nome da terra

"...Vou-te amar intensamente como nunca. Amei-te com avidez precipitação impreparação juvenil. Havia uma distancia enorme de permeio e eu tinha de a preencher.Amei-te depois com luxúria como se diz no catecismo. E amei-te como cumprimento de um horário semanal. ..Silêncio- e já falei tanto.Vou pôr na rua da lembrança tudo o que não for a tua nudez, a amargura vexame sofrimento. Mesmo as alegrias que não são para aqui. Mesmo os filhos que também não- a vida inteira que passou. Preciso tanto de te amar- e como te vou amar? Não sei. Vou-te amar no infinito da tua perfeição."

                                                                                                                                      Vergílio Ferreira ( em nome da terra)




Que dizer para além do já dito? Sou suspeita, porque adoro este autor e a sua reflexão e busca constante de um significado para a vida. A sua forma de encarar o amor e o seu significado. Queria partilhar.


publicado por Sunshine às 08:32
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De samokal a 10 de Outubro de 2013 às 21:46
obrigado pela partilha


bjs


De Sunshine a 11 de Outubro de 2013 às 21:12
De nada. Bjs e Bfs


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
30


.posts recentes

. Qualidade de vida

. Amizade

. João Pedro Pais

. Susto

. em nome da terra

. Pensamento VF

. Viver

. Frio

. Tristeza

. A Vida

.arquivos

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

.tags

. todas as tags

.Leituras

blogs SAPO

.subscrever feeds