Quarta-feira, 11 de Setembro de 2013

Tristeza

Em tempos, não muito longínquos, demonstras-te o teu interesse por mim. De forma simpática e cautelosa. Não havendo espaço para nada mais do que uma amizade, a mesma prevaleceu e ganhei um amigo.

 

Hoje ao ver-te após longo tempo senti-me perdida e sem reacção. Bastou-me olhar para ti para perceber o que se passa contigo. A cor da pele, a falta de cabelo, a magreza excessiva, são mais do que suficientes para formular um diagnóstico imediato. E doeu-me a alma ver-te assim. Doeu-me ainda mais, por perceber em ti uma reacção de quase vergonha, de embaraço por eu te ver assim.



 

Tenho uma sensação estranha na alma...


publicado por Sunshine às 18:03
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Miguel Alexandre Pereira a 13 de Setembro de 2013 às 22:05
É triste quando vemos uma pessoa querida nesse estado, tenta falar com ele e dar o melhor suporte que puderes. Por muita vergonha que tenha, vai sentir-se melhor com algum apoio :)


De Sunshine a 20 de Setembro de 2013 às 18:39
Olá Miguel. É verdade, nesta fase da vida é quando mais necessita de apoio...e estarei lá para lho dar.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
30


.posts recentes

. Qualidade de vida

. Amizade

. João Pedro Pais

. Susto

. em nome da terra

. Pensamento VF

. Viver

. Frio

. Tristeza

. A Vida

.arquivos

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

.tags

. todas as tags

.Leituras

blogs SAPO

.subscrever feeds